OFICINAS

Inscreva-se aqui!
OFICINA de ANIMAÇÃO | De 06 a 10/06

A oficina oferece a oportunidade de vivenciar todo o processo, desde a elaboração a finalização de um curta metragem de animação usando-se da técnica do stop motion.

MINISTRANTES:

ENZOEnzo Giaquinto (Belo Horizonte, MG) é fotógrafo e animador.  Esbarrou com o stop motion enquanto trabalhou com Grupo Giramundo Teatro de Bonecos, participando de vários projetos ao longo de três anos. Atualmente é freelancer e coordenador de oficinas de Stop Motion no projeto CineSesi Cultural.

 

 

 

 

 

Maurício NunesMaurício Nunes é formado em Design pela UFPE, trabalha com animação 2d e stopmotion para cinema, tv e games desde 2007, faz parte do corpo de professores do projeto Cine SESI Cultural desde 2009.

 

 

 

 

 

PÚBLICO – ALVO: Acima de 16 anos, que já tenham vivencia com animação, vídeo ou fotografia e queiram incrementar os conhecimentos por meio da experiência pratica.

NÚMERO MÁXIMO DE PARTICIPANTES: 10 alunos

Horário: 08h às 12h

Sala: Auditório 2 SECTI (IEMA – Rua Portugal, Praia Grande)

NOVELO_Preta_Lateral

OFICINAS EM PARCERIA COM A NOVELO FILMES

DA IDEIA AO ROTEIRO | De 07 a 10/06

maria_augusta_nunesA oficina irá abordar conceitos básicos para criação de um roteiro cinematográfico (ficção e documentário), passando pela concepção da ideia, escrita do argumento, escaleta, sinopse, desenvolvimento de personagens e diálogos até a escrita e formatação do roteiro propriamente dito. Nesse processo serão também discutidas noções de linguagem, gênero e conceitos de dramaturgia. Serão dadas atividades práticas durante as aulas, por isso pedimos aos participantes que tiverem roteiros e argumentos escritos que os levem para serem trabalhados nos encontros.
MINISTRANTE: Maria Augusta Vilalba Nunes é formada em Cinema pela UNISUL (SC) e mestre em Literatura pelo programa de Pós-Graduação em Literatura da UFSC, no qual é doutoranda atualmente. Sócia da Novelo Filmes, dedica-se a escrever roteiros e a desenvolver projetos de curtas, longas e séries. Entre seus roteiros estão “Quebranto” (contemplado na categoria de produção de longa-metragem do Prêmio Catarinense de Cinema 2014), “As Mãos” (contemplado na categoria de desenvolvimento de projeto de longa-metragem do Prêmio Catarinense de Cinema 2014), “Quem Não Tem Cão” (contemplado no Edital Curta Criança do Minc, 2013), “Flecha Dourada”(contemplado na categoria de produção de curta-metragem do Prêmio Catarinense de Cinema 2014).

PÚBLICO – ALVO: Pessoas com noções básica ou interessadas em aprofundar-se no conhecimento da criação e desenvolvimento de roteiro cinematográfico de ficção e documentário.

NÚMERO MÁXIMO DE PARTICIPANTES: 20 alunos

Horário: 08h às 12h

Sala: Laboratório de informática 2 SECTI (IEMA – Rua Portugal, Praia Grande)

DIRIGINDO FILMES | De 07 a 10/06

nathalia_terezaA oficina abordará princípios fundamentais da linguagem cinematográfica através do olhar da direção, assim como os desdobramentos dessa função no processo de realização do audiovisual, seja um filme ou seja obra seriada, e em ambos os gêneros: ficção e documentário. Por meio de análise de trechos de filmes, leituras de texto e atividades práticas, serão abordados os vários procedimentos que a direção adota ao realizar o filme, como análise do roteiro, decupagem, escolha dos atores, concepção dos conceitos que regem a estética e a linguagem da obra em seus diversos aspectos técnicos. O objetivo é que os alunos possam debater os processos da criação do universo fílmico, de forma a contribuir para que desenvolverem suas próprias ideias e projetos.
MINISTRANTE: Nathália Tereza dirigiu os curtas “Eu, Tereza”, “Te Extraño”, “A casa sem separação”. Seu curta mais recente, “A Outra Margem”, recebeu o prêmio de melhor direção e prêmio da crítica no 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, prêmio de Melhor curta metragem – Prêmio ABC – PE e aquisição Canal Curta! no VIII Janela Internacional de Cinema do Recife, prêmio de melhor direção e melhor ator no 22º Festival de Cinema de Vitória. Atualmente produz uma série de Televisão e desenvolve seu roteiro de longa-metragem contemplado pelo Fundo Setorial do Audiovisual (FSA)

PÚBLICO – ALVO: Interessados e profissionais da área, com conhecimento básico de linguagem audiovisual. A partir de 16 anos.

NÚMERO MÁXIMO DE PARTICIPANTES: 20 alunos

Horário: 08h às 12h

Sala: Auditório 1 SECTI (IEMA – Rua Portugal, Praia Grande)

A CONSTRUÇÃO DA PERSONAGEM NO AUDIOVISUAL | De 08 a 11/06

A oficina trabalhará o corpo e voz do ator, assim como seu discurso como artista, através de jogos teatrais; expansão da consciência corporal a partir de técnicas como Campo de Visão (Marcelo Lazzarato) e Ex-Actor (Susan Batson). Utilizaremos referências cinematográficas e analisaremos cenas, aprofundando o entendimento da construção da personagem e suas camadas. Entre os objetivos, estão: capacitar o ator para aperfeiçoar sua interpretação frente às câmeras, aprimorando o olhar e a sensibilidade, utilizando técnicas de interpretação naturalista e realista, com o objetivo de ampliar as possibilidades profissionais; possibilitar que o participante utilize seu imaginário ampliando sua sensibilidade; experimentar a intervenção do corpo no foco da câmera; discutir interpretação para câmera em seus diferentes níveis  e as especificidades do cinema, de forma teórica e prática.

mayana_neivaMINISTRANTE: Mayana Neiva é atriz e escritora. Formou-se em Teatro pela San Francisco State University (California) e em Letras e Filosofia na PUC (São Paulo). Trabalhou com Teatro Oficina, Centro de Pesquisa Teatral CPT do renomado diretor Antunes Filho e é cofundadora do Núcleo de pesquisa Transfugas no Grupo de Teatro XIX, em São Paulo. Na Rede Globo, protagonizou a minissérie “Pedra do Reino”, de Luiz Fernado Carvalho, e a novela “Amor Eterno Amor”, de Rogério Gomes. Na mesma emissora, também fez parte do elenco de “Som e Fúria”, “Queridos Amigos”, “Tititi”, “Dalva e Herivelto”, “Derci de Verdade”, “Cordel Encantado”, “Sangue Bom”, entre outros. No cinema, atuou nos filmes “Infância Clandestina” de Benjamin Avila, “Os Normais”, “O vendedor de Passados”, “O tempo que leva”, ” O homem que matou minha amada morta” e “Idee Fixe”.  É autora do  livro infantil “Sofia”. Mayana atualmente mora em New York.

PÚBLICO – ALVO:  A partir de 16 anos, dotados de conhecimentos básicos de atuação e/ou profissionais que desejam aprimorar atuação pra câmera.

NÚMERO MÁXIMO DE PARTICIPANTES: 20 alunos

Horário: 08h às 12h

Sala: Salão Versátil (Teatro Arthur Azevedo)

FORMATAÇÃO E ESTRATÉGIAS DE VIABILIZAÇÃO  DE PROJETOS AUDIOVISUAIS | De 07 a 10/06

O curso tem como objetivo apresentar um panorama das possibilidades de financiamento à projetos audiovisuais no Brasil hoje, abordando as políticas públicas de financiamento cultural e também iniciativas como crowdfunding ou venda direta à players de mercado, além de discutir como preparar o projeto e sua apresentação em cada caso. Espera-se que ao final do curso o(a) aluno(a) possa ter condições de estruturar projetos mais competitivos para qualquer oportunidade de seu interesse.

ana_paula_mendesMINISTRANTE: Ana Paula Mendes atua na área de produção audiovisual com passagens pelas produtoras SetCom e Ocean Films. Entre 2011 e 2013, trabalhou no PROJAC como Analista de Novos Formatos para a Rede Globo de Televisão. Produtora e sócia da Novelo Filmes desde 2010. Produtora do telefilme documentário “Feito Torto Pra Ficar Direito” (2015) produzido com recursos do FSA e patrocínio da Portonave; do filme longa doc “Círculos”, pré-licenciado para o History Channel; do projeto “No (Sam)balanço de Orlandivo”, selecionado no edital Longa DOC do Ministério da Cultura para produção em 2016; entre outros filmes realizados através dos editais Curta Criança (Ministério da Cultura), Prêmio Catarinense de Cinema e Ibermedia. Formada em Cinema e possui especialização em Direito do Entretenimento pela UERJ.

PÚBLICO – ALVO: A partir de 18 anos, jovens e adultos interessados em produção audiovisual, com ou sem projetos próprios. Não é necessário ter conhecimentos básicos de produção audiovisual como pré-requisito.

NÚMERO MÁXIMO DE PARTICIPANTES: 30 alunos.

Horário: 08h às 12h

Sala: Laboratório de Biologia SECTI (IEMA – Rua Portugal, Praia Grande)

A MONTAGEM E A CONSTRUÇÃO DA NARRATIVA | De 07 a 10/06

Através de explanações ilustradas por referências audiovisuais e atividades práticas, serão abordados a partir da montagem: o nascimento da narrativa audiovisual, as diferentes teorias de construção da narrativa, a linguagem audiovisual propriamente dita (cinema, narrativa seriada, videoclipes…), a importância da duração dos planos, da ordenação deles em uma sequência e da precisão dos cortes para a produção de significado e ritmo, o desenvolvimento dessa área desde o analógico até as ilhas de edição digital, softwares disponíveis para edição e seu funcionamento básico, organização de projetos de edição/montagem e demais conceitos e práticas dentro da área.

cintia_domit_bittarMINISTRANTE: Cíntia Domit Bittar formou-se em Cinema pela UNISUL (SC) e ingressou no mercado de trabalho como montadora e finalizadora, trabalhando em diversos formatos (curtas, longas, videoclipes), tanto em ficção quanto em documentário. Sócia-fundadora da produtora Novelo Filmes, desde 2010, onde escreveu, dirigiu, produziu e montou os curtas “Qual Queijo Você Quer?” (mais de 80 festivais e 50 prêmios, Melhor Curta no Festival do Rio 2011), “O Tempo Que Leva” (Hors Concours no Festival do Rio 2013, selecionado no 54º FICCI), “O Segredo da Família Urso”, Melhor Curta/Júri Popular no Fantaspoa, 4 prêmios no Cine PE 2015), “Quem Não Tem Cão” (Festival Int’l de Curtas de São Paulo, Festival Int’l de Curtas do Rio). Também é realizadora e montadora do longa documental “Círculos”, pré-licenciado para o History Channel, com previsão de estreia para 2016.

PÚBLICO – ALVO: Interessados e profissionais da área, com conhecimento básico de linguagem audiovisual. A partir de 16 anos.

Horário: 08h às 12h

Sala: Laboratório de Química SECTI (IEMA – Rua Portugal, Praia Grande)

NÚMERO MÁXIMO DE PARTICIPANTES: 20 alunos