Retratos do cotidiano e reflexões sociais em pauta no Festival Guarnicê de Cinema

Expor a realidade social do Brasil e gerar reflexões: esse é o objetivo dos filmes em cartaz pela Mostra Brasil Ontem e Hoje – parte da programação da 40ª edição do Festival Guarnicê de Cinema. Iniciada nesta segunda (5), a mostra exibe curtas e longas-metragens que abordam temáticas como desigualdade social, cultura popular, religiosidade, arte e urbanidades. As produções vêm de todo o Brasil e têm atraído uma plateia até o Centro Histórico de São Luís para acompanhar as mensagens transmitidas por meio da linguagem cinematográfica.

Quem teve a oportunidade de acompanhar o primeiro programa da mostra, na segunda-feira, afirma que a experiência gerou impacto. A bailarina e estudante de Psicologia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Rebeca Carneiro, disse que ficou impactada com a mensagem dos filmes. “A mostra é muito interessante porque a gente vê um contraste. Não apenas no tema, mas também na utilização das ferramentas do cinema. Isso é muito importante para que a gente possa ver mesmo essa diferença social”. O realismo e o retrato do cotidiano também foram ressaltados pelo cineasta baiano Marcus Curvelo. “São filmes que falam muito do Brasil agora. Traz a questão da polarização, de camadas sociais diferentes, de diferenças sociais. É muito interessante” – afirma.

Nesse ritmo, a mostra Brasil Ontem e Hoje continua levantando reflexões sobre temas sociais ao longo da semana e permanece em cartaz até sexta-feira, 9,  com a exibição de produções inéditas de todo o Brasil, no Teatro Alcione Nazareth, a partir das 14h30.

O 40° Festival Guarnicê de Cinema acontece em São Luís entre os dias 2 e 10 de junho no Centro Histórico da cidade, promovido pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) por meio do Departamento de Assuntos Culturais (DAC). Tem o patrocínio do Grupo Mateus e do Governo do Maranhão/Sectur, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Tem apoio do Banco do Nordeste, Fundação Sousândrade, Universidade FM e TV UFMA, Academia Internacional de Cinema (AIC), Prefeitura de São Luís, Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão e Rock Filmes.