Guarnicê investe em ações formativas com oficinas

Por Pedro Cunha
Foto por Leonardo Mendonça

Dando continuidade à programação formativa da 41° Guarnicê Festival de Cinema,  estão sendo realizadas as oficinas de Roteiro, Atução para Cinema, Direção de Documentário, Produção para Cinema e Produção para Youtube. As oficinas ocorrerem ao longo da semana como parte das atividades de capacitação e incentivo à produção audiovisual. As atividades se encerrarão nessa sexta-feira, 15, no Palacete Gentil Braga.

Pela primeira vez em São Luís, a professora da Academia Internacional de Cinema– (AIC), Joyce Paiva, está ministrando a oficina de Produção para youtube. Disse estar feliz com a oportunidade e com a hospitalidade do povo maranhense, segundo ela afirma ser bastante receptivo. Em relação a sua oficina, as expectativas são as melhores possíveis, mas que o maior desafio é tentar condensar um curso de quatro meses em cinco dias.

Objetivo das oficinas é fomentar a produção audiovisual no Maranhão.

O objetivo é passar um conteúdo para que as pessoas possam pôr em prática e criar seus projetos, colaborando com a formação de novos youtubers. A aluna Rafaella Chaves está com bastante expectativa para essa oficina. “Vou tentar sugá-la ao máximo, aprender muito e ‘bombar’ o meu canal, ” declarou ela.

Já a oficina de roteiro está sendo ministrada pela professora Patricia Oriolo, que disse que seu papel será “plantar a sementinha”. O foco da oficina é dar uma noção de roteiros para iniciantes, procurar referências e abrir novos panoramas de como é escrever roteiros.

O aluno João Felipe, estudante de Radio e TV, tem bastante interesse nessa área, pois sonha em ser um futuro roteirista. “Espero um dia ser bastante reconhecido, hoje vai ser só o começo de um futuro brilhante, e tentarei absorver o máximo dela (Patricia), já que ela tem bastante experiência”, disse.

O Festival Guarnicê de Cinema, que segue até sábado, 16, é promovido pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), por meio do Departamento de Assuntos Culturais (DAC/PROEXCE), conta com patrocínio da Cemar, Governo do Maranhão/Sectur, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, Banco do Nordeste, e Equatorial Energia. Ainda tem o apoio da Fundação Sousândrade, Assembleia Legislativa, Fundação Josué Montello, Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), Rádio Universidade FM, TV UFMA, CiaRio Brasil, Academia Internacional de Cinema e Vitrine Filmes.