Roda de conversa discute a participação da mulher no cinema

Por Luana Alves
Fotografia: Leonardo Mendonça

A roda de conversa com tema “A Mulher no Cinema” foi um dos destaques da programação do 41º Festival Guarnicê de Cinema. Às 16h, dessa quarta-feira (13), no Cine Praia Grande, a mediadora da conversa Thais Nunes deu inicio à discussão, que contou com sete profissionais da indústria cinematográfica: Isa Albuquerque, Tata Amaral, Maria Theresa Soares, Ana Mendes, Rose Panet, Thais Fujinaga e Nayra Albuquerque.

Foram destacados dados, divulgados em 2017 pela Ancine (Agência Nacional do Cinema), sobre a participação da mulher no audiovisual brasileiro. De acordo com a pesquisa, apenas 17% das 2.583 obras (comerciais) registradas na agência foram dirigidas por mulheres. A partir daí, as profissionais presentes iniciaram o debate sobre a participação da mulher nesse meio.

Foram abordados diversos temas durante a conversa, como a falta de mulheres negras e indígenas na indústria cinematográfica. Também foram discutidas ações para aumentar a atuação feminina no cenário audiovisual maranhense. Partindo de suas trajetórias e experiências pessoais, as participantes colaboraram com a discussão, apontando problemas e sugerindo melhorias. A conversa gerou bastante interesse do publico, que pôde participar fazendo perguntas e observações.

A 41ª edição do Festival Guarnicê de Cinema tem destacado o papel da mulher no audiovisual. Além da roda de conversa, outras ações que buscam ressaltar esse tema estão ocorrendo durante a programação. A mostra Cinema Por Elas vêm exibindo filmes dirigidos por mulheres e continua até sábado (16), que ocorrerá também um master-class com a Anna Muylaert, diretora do filme “Que Horas Ela Volta?”.

O Festival Guarnicê de Cinema continua até o sábado, contando com diversas mostras sendo realizadas durante a semana. A programação pode ser acessada no link: