Projeto Memória Guarnicê será aberto nesta quinta, na Cidade Universitária da UFMA

A abertura projeto ‘Memória Guarnicê: 40 anos Dedicados ao Cinema’ acontecerá nesta quinta-feira (21), às 12h30, no hall do Auditório Central da Cidade Universitária Dom José Delgado, no Bacanga, em São Luís (MA). Na programação será exibido o documentário curta-metragem sobre a trajetória dos 40 anos do Festival Guarnicê de Cinema, com fala das principais personalidades que contribuíram e moldaram o Festival Guarnicê de Cinema e, como parte do projeto,  haverá a abertura da exposição fotográfica contando, através de imagens e textos, a história desde a I Jornada maranhense de Super 8, de 1977, até os dias atuais. Segundo a diretora do DAC Fernanda Pinheiro “o Projeto foi pensado para  resgatar e reconstruir toda a trajetória do Festival ao longo dos anos”.

O Memória Guarnicê é uma realização da Universidade Federal do Maranhão, por meio do Departamento de Assuntos Culturais (Dac) da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Empreendedorismo (Proexce). Com patrocínio do Governo Federal, via Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura. O Projeto tem apoio cultural da Fundação Sousândrade, Universidade Fm, Gráfica Universitária e TV Ufma.

Programação Especial: premiados do 40º Festival Guarnicê de Cinema

Cine Guarnicê – A sessão especial do ‘Cine Guarnicê’ exibirá três filmes premiados na recente edição do Festival Guarnicê de Cinema. São eles: ‘Demônia – Melodrama em 3 Atos’, de Cainam Baladez  e Fernada Chicolet (Ficção. SP. 2016. 12 anos); o documentário ‘Luiza’, de Caio Baú (PR. 2017. Livre) e a ficção maranhense ‘Traçados’, dirigido por Arturo Sabóia (2016. Livre). Melhor curta nacional no Festival Guarnicê de Cinema 2017, o filme ‘Demônia – Melodrama em 3 Atos’ questiona se a demônia é um ser endiabrado ou uma mulher má.

Vencedor de menção honrosa no Festival, o curta ‘Luiza’ trata da delicada relação entre uma jovem deficiente e o universo que a cerca, tendo a sexualidade como fio condutor para abordar questões como preconceito, relações entre pais e filhos, super proteção da família, autonomia, diferenças e amor. Em ‘Traçados’, o diretor Arturo Saboia narra a história de um garoto que descobre no meio do descampado de uma região remota, um ônibus que lhe dá a chance de sonhar uma vida para bem longe da sua realidade.

 

PAUTA:

FERNANDA SANTOS PINHEIRO – 98 3272 8635 – 3231 2887