Shows da Orquestra Popular da Ufma e Elisa Lago celebrarão nesta quinta-feira os 51 anos da Ufma

“Mostre Sua Cara” especial

O Projeto Mostre Sua Cara celebrará com dois grandes shows o aniversário dos 51 anos da Universidade Federal do Maranhão. A programação especial acontecerá nesta quinta (26), às 12h30, no auditório central da Cidade Universitária Dom José Delgado, em São Luís. Para animar a festa, a Orquestra Popular da UFMA apresentará canções maranhenses e a servidora da instituição, Elisa Lago, cantará sucessos de João do Vale. Entrada gratuita.

O Projeto Mostre Sua Cara é uma realização da Universidade Federal do Maranhão, por meio do Departamento de Assuntos Culturais da Proexce. Tem apoio cultural da Fundação Sousândrade, Universidade FM,TV Ufma, Ascom da Ufma e Gráfica Universitária. A Orquestra Popular da Ufma surgiu em 2016, a partir de uma iniciativa de estudantes do curso de Licenciatura em Música. O grupo divulga obras do cancioneiro popular brasileiro à comunidade acadêmica.

Coordenado pela professora Gabriela Flor, a Orquestra Popular da Ufma é atualmente composta por 20 universitários dos cursos de Música, História e Psicologia. O grupo já realizou apresentações em eventos acadêmicos, sempre priorizando o repertório maranhense em uma formação bastante diversificada. Neste Mostre sua Cara especial de aniversário, a Orquestra Popular da UFMA levará ao público canções maranhenses de compositores como Josias Sobrinho, César Teixeira, Antônio Vieira, João do Vale, Humberto de Maracanã, entre outros.

A servidora da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), Elisa Lago, interpretará grandes sucessos do cantor e compositor maranhense João do Vale, conterrâneo da cantora. Elisa Lago valoriza em seu show autores maranhenses, em especial, seus conterrâneos de Pedreiras (MA). Com 27 anos de trabalho dedicados à UFMA, ela interpretará neste novo show grandes sucessos de João do Vale. O Projeto Cultural de Promoção de Talentos Mostre Sua Cara é um espaço privilegiado para a apresentação e divulgação de novos talentos universitários na música, teatro, dança, literatura e outras formas de expressões artísticas”, disse a coordenadora do projeto e diretora do DAC, Fernanda Santos Pinheiro.